terça-feira, 3 de março de 2009

"Vencer Vencer Vencer...Mais uma vez!"

É muito fácil torcer para um time onde são fartos de títulos,onde um campeonato regional para eles nem tem mais graça,para as pessoas hoje o que importa é ser “Lo mas grande”.As pessoas são burras e alienadas,se apaixonam por hinos lançados pela mídia,que se torna moda nacional(Ex:Aqui tem uma bando de louco),simplesmente vestem uma camisa que eles nem sabem sua historia e saem desprezando qualquer um que não use a mesma pele que ele,onde quer impor uma posição de medo e força sobre as pessoas,As pessoas não valorizam a raiz e a tradição do seu time e do futebol,onde o antigo valor de seus antecedentes,onde o futebol era romântico e brigador,a influencia que a mídia exerce sobre as pessoas é muito grande
“é vergonhoso você ser pequeno...Vencer,vencer,Vencer ” ,as pessoas desprezam times menores que um dia também estiveram lá em cima com raça e muita dificuldade,e a cada dia tudo ser torna mais comercial e alienado.

Acima de qualquer coisa, eu vejo o futebol como uma paixão única,como lição de vida,ele esta está acima da minha equipe,do meu país,do mundo,eu vivo futebol,principalmente eu “sinto” o futebol.O amor do futebol esta nas arquibancadas onde um solitário torcedor com seu humilde trapo, com sua camisa velha de quando foi com seu pai ao estádio a anos atrás e sentindo junto com o time dentro de campo a mesma emoção,ali está o amor pelo futebol,não está em uma massa uniformizada onde simplesmente predomina a “ignorância”,o “machismo” e o egoísmo por “Ganhar”,”vence”,”ganhar” ,“vencer” e nunca perder,afinal,”Como posso perder?perder é vergonhoso não?ainda mais para um time da segunda divisão”.

O futebol é imprevisível,ele da voltas,nada pode unir mais diversidade que o futebol,As pessoas se juntam nos bares para tomar uma cerveja vendo o jogo,pai e filho sentem junto o mesmo amor que seus avôs sentiram,uma massa para em torno de 22 guerreiros brigando por um brasão que tem toda uma historia por trás deles,onde traz,títulos,derrotas,vitorias e jogadores inigualáveis. Sinta, Ame, conheça, não se influencie,não subestime clubes que não tem o mesmo poder financeiro e de vitorias que o seu,de nada vale títulos sem amor,a fartura se torna sem graça,busque a historia que existe por traz desse brasão,de clássicos,da tradição.



Beijos e abraços hermanitos


Gui.

Um comentário:

Douglas Garcia disse...

Bom cara...eu escrevi algo parecido no meu blog...É uma pena mas hoje são poucos os que realmente torcem pra um time de futebol com paixão pelo time....Como você disse, a coisa se tornou muito financeira....

Ah, esse cara aí do CD do lado se for mesmo parecido com Engenheiros do Hawaii deve ser muito bom...

Seja bem-vindo ao Expulsos de Campo

O publicitário, roqueiro e torcedor do Santo André, Guilherme Pibe, traz a visão "underground" de toda cena do futebol e do rock´n roll juntos em um só blog.



Para ver os vídeos do EDC, clique aqui.