sexta-feira, 24 de abril de 2009

Paixão Celestre e Branca!



O Racing Club de Avellaneda é um dos clubes de futebol mais tradicionais da Argentina. Fundado em 25 de Março de 1903, ganhou diversos campeonatos locais, quatro campeonatos internacionais. Durante a época de amadorismo, o Racing foi o time que mais ganhou campeonatos e outras taças tanto locais quanto internacionais. Em 1950 o novo estádio de futebol foi inaugurado, e nomeado em homenagem ao presidente Juan Domingo Perón. O estádio recebeu o apelido de "Cilindro de Avellaneda", e tem capacidade para 64.161 expectadores.

Em 1983 La Academia foi rebaixado para a divisão Primeira B, ficando lá até 1985. O Racing foi o primeiro time de futebol da Argentina que ganhou um campeonato internacional (e o primeiro a ganhar a Supercopa), e o primeiro time a ganhar três campeonatos locais seguidos. Em 1999 o Racing Club abriu falência, mas seus torcedores ajudaram o time a se recuperar. É o primeiro clube argentino a ser administrado por uma empresa: Blanquiceleste S.A., dirigida por Fernando Martín. Em 2001 o Racing ganhou o campeonato Apertura, quebrando um jejum de 35 anos sem títulos. O Racing Club é a quarta maior torcida argentina, com cerca de 2.200.000 torcedores, ficando atrás apenas de Boca Juniors, River Plate (estes dois com mais de 10.000.000 de torcedores) , do Independiente por pequena diferença e à frente do San Lorenzo. Juntamente com o Boca Juniors, River Plate, San Lorenzo e Independiente (o rival tradicional do Racing, com quem faz o famoso clássico Racing versus Independiente ), o Racing é um dos "cinco grandes" do futebol argentino.

Aguante La academia!.

Um comentário:

Douglas Garcia disse...

Só o fato dos torcedores terem ajudado o clube a não entrar em falência já mostra o quão importante ele é pro futebol argentino...Isso sim é demonstração de amor ao clube!!

Seja bem-vindo ao Expulsos de Campo

O publicitário, roqueiro e torcedor do Santo André, Guilherme Pibe, traz a visão "underground" de toda cena do futebol e do rock´n roll juntos em um só blog.



Para ver os vídeos do EDC, clique aqui.