quinta-feira, 9 de julho de 2009

Paixão Grená


Era fevereiro de 2008, era meu segundo dia na Argentina, no dia anterior eu tinha ido ao Jogo do All boys contra o Comunicaciones em Floresta, a terra de Los Albos, era dia e conheci um Taxista indo ao centro de Buenos Aires, o cara era fanático pelo Lanús, que estava disputando a vaga para a libertadores, o cara tinha adevisivo do Lanús até nos bancos do Táxi, e ele me disse que haveria um jogo do lanús contra uma Equipe do equador se eu não me engano era Almedo.















Não resisti e decidir ir a Lanús ver a paixão Grená, para chegar a Lanús era presciso pegar um trem somente que demorava entre 30 a 40 minutos do centro, até ai não era problema, mais chegando lá me deparei com um Subúrbio feio, enfim o medo já tomava conta de mim, no caminho até o estádio em uma grande rua que na verdade parecia uma avenida esse medo foi diminuindo, quando via velhinhas com camisa do Lanús, Crianças com o uniforme completo do Lanús, enfim Lanús era somente Grená naquele dia.



Após meia hora de caminhada chegamos ao estádio, a movimentação era grande, decidimos comprar uma camisa do Lanús e nos juntar a massa Grená, entramos no estádio o clima era bom o estádio ainda não estava cheio, quando derepente todos se levantam para aplaudir e reverenciar a Barra do Lanús numa entrada de Reis, e daí a loucura e o “Aliento” não param mais, uma curiosidade que no meio disso tudo chegam alguns Gremistas, isso mesmo Gremistas com camisas de Grêmio e para fazerem média boné do lanús ( pura babaquisse), até ai tudo normal, jogo normal, somente torcida local mas um fato curioso como se não bastasse brasileiros Gremistas nas arquibancadas havia um Árbitro brasileiro de Floripa o Senhor Heber Lopes(Puto!).















O jogo era decisivo para o Lanús, enfim tudo de errado aconteceu até o primeiro tempo, Heber não apitou um Penal em favor do Lanús,além de faltas, mas apitou outra favorecendo o time Equatoriano, enfim o Clima pesou, quando derrepente eu vejo o Espertinhos Gremistas saindo de fininho, e a torcida grita “Brasilenõ hijo de puta”, antes de mais nada para não falaram Brasil x Argentina e suas rivalidades não é preconceito e rivalidade a brasileiro, mais sim pelo roubo do jogo, e eu nada Bobo fui junto e soltei “brasilenõ Hijo de puta”, tempos depois o lanús faz 1 a 0 e logo 2 a 0, o clima acalma, mesmo assim decidimos sair 5 minutos antes, quando na saída os “espertos gremistas” já estavam sem camisa e com a cara toda Roxa, ou seja, se Fu...,ai fica uma lição, respeito local!

















Enfim dia de aventuras e como diria aquele velho desenho animado “saída rápida pela Direita”, dia inesquecível de sentimento e loucura grená.

Aguante Lanús!

Abraços e beijos
El pibe Gui

Nenhum comentário:

Seja bem-vindo ao Expulsos de Campo

O publicitário, roqueiro e torcedor do Santo André, Guilherme Pibe, traz a visão "underground" de toda cena do futebol e do rock´n roll juntos em um só blog.



Para ver os vídeos do EDC, clique aqui.