terça-feira, 29 de setembro de 2009

Istinção de cultura

Não gosto muito de textos meio teóricos, mas ultimamente venho reparando uma situação muito crítica, os prédios, que? os prédios? isso, na verdade a verticalização em si, ao ler o texto do Mau em as mil Camisas, repensei algumas coisas que eu ja me tocava, e conclui que, em pouco tempo as coisas vão perder o valor cultural de bairro, e somente crescem a quantidade de predios, na verdade eu os chamo de Presídios, e destruindo nossos campinhos e areas de lazer para faze-los.

Mais não só os textos, minha família passa por isso e outras também, crinaças que crescem somente ouvindo falar de mega craques com sonho de ir pra europa, a marca de roupa da novela das 8, o novo super Video Game, onde joga-se futebol sentado, enfim, sedentarismo TOTAL!

Ninguém conhece mas seu próprio bairro, ninguém conhece ninguém, mais ai me pergunta: Pra que? Poxa simples, qual sua identidade? Sua história? Seus amigos? sua tradição? enfim sua vida é marca por tecnologia somente e ambição de coisas que não tem nenhum valor cultural ou sentimental?

Eu cresci num Bairro onde as pessoas se conheciam, onde durante a semana as crianças estavam na escola,as mães preparando o rango e os pais trabalhando nas fabricas aos redores, e no fim de semana era preenchido por Futebol e Punk rock, pode acreditar, era o melhor bairro que já vivi, e hoje é um bairro dominado pela garotada alienada, que em plena segunda-feira estão dando um "Rolê" pra "azarar" as garotinhas ou estão dentro de casa presos pela sua paranoia do pânico em seus video games e internet.

Garotos tristes e sem história, presos dentro de uma bolha sem saber o sentido de suas vidas, parece besteira, mais é isso!

Garotos que vão crescer e dizer..."eu já joguei muito video-game", ao invés de " joguei muito Futebol no campinho", mas enfim a unica opção dessa garotada é ficar dentro de casa preso com sua Mega-tecnologia ou sair e virar um "truta", traduzindo, muleque sem conteúdo e história que só pensa em azarar garotinhas em sua motoca em plena segunda feira, sem previsão de futuro...e os políticos dizem "estamos construindo novas áreas de lazer para a nossa juventude', mas porra, quem vai la na casa do caralho pra jogar bola sendo que havia um campinho do lado de nossas casas???

Não haverá mais Pibes de Bairro, e isso me assusta!

Mudando de assunto, lembrando que, em breve, serão lançados alguns pequenos episódios do EDC no youtube, e que vou colocar o link aqui para que possam ve-los, mas enfim trata da rotina de torcedores, pequenos vídeos passando a realidade de torcidas e do futebol!

Abraços e beijos
El Pibe Gui

Nenhum comentário:

Seja bem-vindo ao Expulsos de Campo

O publicitário, roqueiro e torcedor do Santo André, Guilherme Pibe, traz a visão "underground" de toda cena do futebol e do rock´n roll juntos em um só blog.



Para ver os vídeos do EDC, clique aqui.