sexta-feira, 30 de abril de 2010

O surgimento de uma cultura local ou comercio?

Sei que depois desse "post" muitos vão me criticar, muitos vão achar que estou ficando louco, mas vamos lá...

Eu vejo o futebol além do estádio, além de torcida, além de ganhar ou perder, além de divisões de campeonatos, pra mim o futebol e o time de sua cidade cria uma cultura local, onde você encontra seus amigos, coloca em prática suas ideias seja pra uma faixa, um trapo ou uma mobilização de apoio ou protesto a algo que acontece envolvendo seu time e sua cidade, afinal o time representa sua cidade, ou seja, lhe representa, as transformações, as emoções e todo que acontece na cidade através do time é muito grandioso, e se cria um vínculo eterno entre você, seus amigos, seu time, sua cidade e a cultura local de seus bairros.

É sobre o moderno e itinerante Grêmio Prudente que quero falar, confesso que não gosto do time, de sua história, ou seja, não gosto do Grêmio Prudente.Mas enfim, a questão é:

Não acham que eles tem a possibilidade de criar uma nova ou a primeira cultural local?

Onde as pessoas se identifiquem, torçam, acompanhem e criar a sua própria cultural local?

Afinal o único time que me recordo ir pra lá, era o Corinthians de Presidente Prudente, esse é impossível de se torcer,afinal era puro e completo comércio do futebol moderno.

Mas o Grêmio é um time que pode criar uma identidade com a Cidade, onde as pessoas vão se assemelhar com o time da mesma forma que as pessoas de Santo André se assemelham com Santo André, Onde Campinas se assemelham com ambas suas duas equipes entre outras cidades.

Galera, posso estar errado, quero a opinião, posso estar sendo burro e não saber o que estou falando, mas sinceramente, fui pra lá e conheci o que passa pela cidade e isso pode ser uma transformação boa e não moderno como times ditos Red Bull, Pão de açucar, aliás prefiro criarem essa "nova identidade" com o Grêmio que um bando de machão cheio de maldade com suas torcidas em clubes de tradição...

Obs: Posso estar errado, mas por enquanto minha visão é essa...

Abraços e Beijos
El pibe Gui

4 comentários:

Corinthiano disse...

Isso me fez lembrar o futebol de verdade praticado sabado passado, lá no 1ºde maio. O Tigre empatou suado com o Pão de Açúcar, garantino assim seu acesso par A1 e de quebra (tão importante quanto) elimina a empresa, além do jogo, como é legal ver no final da partida os gândulas sumindo com as bolas e brigando com os adversários e a geral em festa! Ainda há esperança!

Abraços

Clayton

Por:Guilherme (EL Pibe) disse...

Muito bom!hahaha

Essa do gãndula são as melhores, isso quando não é na varzea que rola até tiro por causa das bola que somem no final do jogo!hahaha

Ano que vem temos o tipré do ABC na 1° do Paulista!

Abraços

Hamilton disse...

A sua idéia é correta, só se equivoca ao falar que o Corintians de Prudente era uma franquia do Corinthians da capital.

O Corintinha era um clube fundado por corinthianos do Oeste paulista, que se inspiravam no time grande. Teve seu auge nos anos 50 e 60 e depois se afundou.

Por:Guilherme (EL Pibe) disse...

valeu pelo toque hamilton.

Seja bem-vindo ao Expulsos de Campo

O publicitário, roqueiro e torcedor do Santo André, Guilherme Pibe, traz a visão "underground" de toda cena do futebol e do rock´n roll juntos em um só blog.



Para ver os vídeos do EDC, clique aqui.